Plt-1

No Exército Americano, o Grupo de Combate (em inglês, squad) era composto por doze homens. Na imagem acima, vemos o comandante do GC, a partir da esquerda, seguido dos dois esclarecedores (scouts), o grupo de tiro (automatic rifle team), os volteadores ou fuzileiros (riflemen) e, por fim, o chefe da esquadra (no Brasil, um cabo) e o

Partes e peças do B.A.R.

Nesta primeira parte, veremos como surgiu o armamento básico dos Grupos de Combate da FEB durante a Segunda Guerra Mundial. Os filmes de guerra mostram soldados agindo de forma praticamente individual nos combates. Durante as batalhas, raramente era assim. A organização dos homens em companhias, pelotões, e, por fim, em grupos de combate, era concebida

Torre di Nerone, um posto avançado da FEB no vale do Reno. Autor da foto desconhecido.
Combined Operations badge
the-price

O americano Tom Lea foi um artista no sentido mais extremo da palavra: pintor, escritor, correspondente de guerra e historiador – e fez todas essas coisas com a mais alta competência. Lea foi correspondente da revista Life, e cobriu o desembarque dos Fuzileiros Navais americanos em Peleliu. Um de seus quadros mais conhecidos é o The Price,

Página 5 de 512345